top of page

O que fazer com a restituição do IR?













1.Tem dívidas? Use para quitar ou amortizar, começando pelas de maiores juros cobrados, que são os rotativos do cheque especial e do cartão de crédito.


2. Não tem dívidas? Ótimo! Comece a formar a reserva de emergência, que deve ser de 3 a 6 vezes seu custo de vida mensal, e investida em ativos conservadores. Além de evitar futuros endividamentos, vai te proporcionar conhecer e entender as várias classes de ativos financeiros.


3. Já tem reserva de emergência, Parabéns! Aproveite para investir para os sonhos de curto, médio e/ou longo prazo. Se já investe, dá para antecipar algum sonho ou mesmo turbinar aquela viagem já marcada com mais passeios, ou aluguel de um carro ou ainda esticar mais alguns dias.


4. Já está educado financeiramente? Então faça aquela reserva de oportunidades, ou ainda provisões para aquelas despesas de início de ano, como IPTU, IPVA, matrícula e material escolar.


5. E se você não conseguiu restituir todo o imposto de renda que foi retido na fonte, a própria restituição pode proporcionar um aumento da próxima restituição, se você fizer aporte em um Fundo de Previdência do tipo PGBL, nele, as contribuições podem reduzir a base de cálculo do IR em até 12% do rendimento tributável.




O mais importante é pensar na restituição como uma oportunidade de investir com

sabedoria! E aí, o que você pretende fazer com a sua?

Comments


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page