top of page

IPVA! Pago a vista ou parcelado? Depende!


Depende do rendimento de onde está investido o dinheiro. Se for maior que o desconto concedido, vale a pena parcelar! Vejamos um exemplo real, o meu caso.


Em São Paulo o desconto este ano para pagamento à vista é de 3%, muito menor que em 2022 que foi de 9% e nem precisamos fazer muitos cálculos. Meu IPVA é de R$ 2.026,68 o que daria um desconto de R$ 60,80 e um valor à pagar de R$ 1.965,87.


Ainda em dezembro eu guardei parte do meu 13º salário, pensando nessa despesa de início de ano, em um CDB com liquidez diária rendendo 110% do CDI. Com o CDI atualmente em 13,65% aa essa taxa corresponde a uma taxa bruta de 15,01%, deduzindo-se o IR com a alíquota de 22,5%, temos uma taxa líquida de 11,63% aa.


Convertendo a taxa anual para mensal temos 0,9210% ao mês. Pois bem, o cálculo que geralmente fazemos é aplicar esta taxa ao valor a vista num prazo de acumulação de 5 meses, que resultaria em um montante de R$ 2.058,08 e um rendimento de R$ 92,21; portanto maior que o desconto R$ 60,80 para o pagamento a vista, resultando num ganho de R$ 31,41.


Porém devemos ficar atentos para o detalhe do vencimento da primeira parcela, que ocorre no mesmo vencimento que a opção à vista, desta forma, para fazer o primeiro investimento deve-se deduzir a primeira parcela do valor a vista, assim temos R$ 1.965,87 (-) R$ 405,33 = R$ 1.560,54. Este seria o valor investido no primeiro mês.


Repetindo-se a operação a cada mês, ao final do período chega-se a um déficit de -R$ 25,03. Conclui-se então que, pela pequena diferença considerando-se o exemplo de rentabilidade, salvo se as parcelas forem pagas com dinheiro novo, compensa pagar à vista. Por outro lado, tendo o dinheiro investido e optando pelo parcelamento pode ser interessante pelo fato de não estar se descapitalizando de uma vez.

留言


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
bottom of page