DESENROLA BRASIL




O programa de governo do ex-presidente Lula para as eleições de 2022 inclui o projeto DESENROLA BRASIL, que prevê a negociação de dívidas de famílias que ganham até 3 salários mínimos para que os nomes saiam do SPC e do SERASA. A preocupação com o endividamento das famílias é importante, já que o número é realmente alarmante. 79% das famílias estão endividadas e 29.6% com contas em atraso, de acordo com a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor - PEIC, realizada pela CNC. O resultado de agosto/2022 é recorde desde que a pesquisa começou em 2010.


Apesar de louvável, a iniciativa precisa ser aprofundada. Gostaria que chegasse ao ex-presidente Lula e a quem for responsável pelo Programa Desenrola Brasil, o meu pensamento - e que certamente é de grande parte dos Educadores Financeiros - de que as iniciativas e ações não podem ficar limitadas a renegociação de dívidas das famílias e reaquecer a economia. Tão importante, ou até mais urgente, é atacar a causa do endividamento, que é a falta de acesso à Educação Financeira pela maior parte da população. Todos nós sabemos que em vários aspectos da vida, é melhor atuar na prevenção do que gastar com o remédio.


Propor a popularização da Educação Financeira, com programas na escolas, empresas, sindicatos, associações de bairro, entidades de classe, enfim, toda sociedade, fazendo com que as pessoas não só aprendam a se livrar das dívidas, como também a não voltar a se endividar, além de aprender a criar a reserva de emergência, a consumir de forma consciente e sustentável e a começar a investir para a realização dos sonhos.


Uma população educada financeiramente vai transferir o gasto com o pagamento de multa e juros para um gasto com consumo, o que fomenta o comércio, indústria e serviços, gerando inclusive mais arrecadação.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square